terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Calendário e informações para o saque do FGTS!

Gente, saiu hoje (14) o calendário do saque do FGTS.

O saque poderá ser feito a partir de 10 de março para os nascidos em janeiro, finalizando em julho para os nascidos em dezembro.

E quanto aos documentos para o saque?
Se você for sacar na Agência da Caixa vai precisar levar o número do PIS/PASEP (geralmente tem na carteira de trabalho), documento de identidade e Carteira de Trabalho e/ou Termo de Re​​scisão do Contrato de Trabalho. 

Nas Lotéricas e Correspondentes da Caixa você consegue sacar valores até R$ 3.000, basta apresentar o Cartão Cidadão (e a senha) e documento de identificação válido do trabalhador.

Nos Caixas de Autoatendimento, os valores de até R$ 1.500,00 podem ser sacados tendo apenas a senha do Cartão do Cidadão, já nos casos de valores entre R$ 1.500,01 e R$ 3.000,00, o saque só pode ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha.
 
Agora, se você tiver Conta na Caixa (corrente ou poupança), você consegue fazer a solicitação para creditar diretamente na conta, basta entrar no site e fazer a solicitação! Você vai precisar apenas do número do seu PIS!


De acordo com o governo, mais da metade (56%) dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar. Aproximadamente 1/4 (24%) dos trabalhadores possuem um saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. O restante (20%) possui mais de R$ 1.500 a receber.

Caso encontre dificuldade em sacar ou visualizar o saldo, acesse a postagem: Saque de FGTS Inativo, ou deixe seu comentário para trocarmos uma ideia! :D

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

E quanto ao IRPF 2017, quem está obrigado a declarar?

É, está aberta a temporada de ter dúvidas com o Imposto de Renda!

Ainda não foi disponibilizado o programa gerador do IRPF 2017, mas já conseguimos ter uma prévia dos obrigados à entrega!

Para facilitar a nossa vida, a RFB, geralmente lá por fevereiro/março, começa a divulgar uma série de informativos quanto ao Imposto de Renda Pessoa Física, e em 2017 não será diferente torcemos!


Bom, enquanto ela não libera nada, vamos antecipar algumas informações com a seguinte pergunta: quem deve declarar o Imposto de Renda Pessoa Física 2017?

- quem teve rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123,91;
- aqueles que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi mais que R$ 40.000,00;
- que teve ganho na alienação/venda de bens e/ou direitos, sujeitos à incidência do imposto, em qualquer mês;
- realizou operações de bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
- teve uma receita bruta superior a R$ 140.619,55 na atividade rural;
- finalizou o ano de 2016 com a posse e/ou a propriedade de bens e/ou direitos, inclusive terra nua, de valor superior a R$ 300.000,00.

Ahhh, o simples fato de a pessoa ser sócio de empresa, ou empresário individual (inclusive MEI - Micro Empreendedor Individual), não gera a obrigação de fazer a DIRPF, porém, aqueles acumulam estas situações com uma outra fonte de renda formal que ultrapassa R$ 1.903,98 podem estar obrigados à fazer a declaração, pois o valor do pro-labore mensal soma à outra remuneração.

Até!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Saque de FGTS inativo - Deu problema!!!

Ainda nem saiu o calendário de saque do FGTS das contas inativas e já estamos cheios de dúvidas, né? 
Não é pra menos, com esses valores o governo estima uma injeção de R$ 41 milhões na economia, pensa só na média que cada pessoa tem para sacar (já dá pra quitar uma conta ou outra!).

Quem pode sacar esse FGTS?
A regra geral é: a conta está inativa? pode sacar! A única ressalva é de que esta conta tenha ficado inativa a partir de 31/12/2015.
Beleza, mas o que é uma conta inativa?
De acordo com a Caixa Econômica Federal, "uma conta inativa é aquela de um contrato de trabalho que foi finalizado até o dia 31/12/2015."

Antes de mais nada, é válido mencionar que ainda não saiu nenhuma portaria/decreto/etc quanto a isso!
Com base nisso temos a seguinte situação (que pude ver em alguns fóruns ser bem recorrente): quem saiu de uma empresa (demitido ou pedido de demissão) e tem o valor pra sacar, mas a conta não consta como inativa, o que fazer?

Acesse o extrato do FGTS para verificar se todos os valores que você tem estão como inativos.
       Está tudo como inativo? Beleza! A princípio não é para dar problemas!
         Tem alguma que não está como inativo? Bom, aí tem problema! O que pode ter acontecido é que o ex-empregador entregou uma SEFIT/GFIP com informações erradas/incompletas, onde não consta sua saída da empresa, isso pode ter ocorrido por diversos motivos, desde erro de digitação, a até pendência de pagamento de FGTS.
         Para resolver isso, você terá que entrar em contato com o antigo empregador e explicar a situação, torcendo que ele tenha a boa vontade para falar com o responsável pela folha de pagamento a fim retificar a SEFIP. É simples! mas se você saiu meio brigado com a pessoa pode ser um pouco difícil

Mas então, quem pode MESMO sacar esse FGTS?
Quem está com a conta do FGTS inativa (que não recebeu depósitos) a partir de 31/12/2015, com a rescisão devidamente informada via SEFIP 


Hoje não temos informações para saber se conseguiremos sacar esse valor ou não, até mesmo os funcionários da CEF não saberão nos responder nesse primeiro momento.
Visto que é uma situação recorrente, penso que assim que liberado o calendário de saques devemos ir no primeiro dia para pegar a grana, caso ocorra impedimento de sacar essas contas inativas que estão ativas sugiro entrar em contato com a CEF no mesmo dia, fazendo com que ela se posicione quanto a situação o quanto antes!
 

Eu mesmo estou com uma situação dessas!
Trabalhei em uma empresa que me "transferiu" de CNPJ, ficando o primeiro registro sem data de saída (na CTPS tá tudo ok!), porém o segundo registro consta a saída conturbada normalmente (tanto na CTPS quanto no site da Caixa).
Caso eu não consiga sacar eu vou seguir os procedimentos de entrar em contato com a CEF, porque conversar com o ex-patrão, no meu caso, não vai adiantar em nada!

Atualização em 14/02/2017:
Caso tenha o problema descrito acima, aconselho tentar sacar o seu FGTS diretamente na agência: você vai precisar levar o número do PIS/PASEP (geralmente tem na carteira de trabalho), documento de identidade e Carteira de Trabalho e/ou Termo de Re​​scisão do Contrato de Trabalho.
Os documentos necessários, bem como o calendário de saque você encontra aqui. 

Voltando novamente!? (essa eu quero ver!)

Sempre vejo diversos blogs em que o autor volta a escrever e diz: "to voltando, agora a todo vapor!" ou "voltando às postagens, tentar fazer isso sempre!" e etc. Eu fiz isso na postagem anterior, a qual faz mais de UM ANO! hahahahahaha

Bom, mas agora é pra valer (será?), com a ideia inicial de passar procedimentos específicos da área contábil e de tributação, bem como falar sobre concursos públicos da área.

Bora tentar, ou melhor, bora fazer!!!

Até amanhã sai alguma coisa!!! :)